Blog

Quer conhecer melhor a WEE Marketing e Design
Acompanhe

LinkedIn

Para que serve o LinkedIn? 4 dicas de uso para sua empresa

Separamos algumas dicas  interessantes da Resultados Digitais. Confira!

Se você é uma empresa investindo em Marketing Digital, saiba que a rede social é útil não somente para recrutar candidatos: também é possível divulgar seus posts e materiais, fazer anúncios e até publicar textos diretamente da rede social.

4 dicas de uso do LinkedIn para sua empresa

1. Tenha uma company page

As company pages são relevantes porque permitem que a empresa construa uma audiência, que pode ajudar com a alavancagem inicial de uma nova mensagem, curtindo e compartilhando novos posts no blog, por exemplo.

Recomendamos criar e otimizar sua company page, deixando-a atualizada. Um ponto positivo, aliás, é o fato de que no LinkedIn a concorrência pela atenção do usuário é menor do que na rede social de Zuckerberg. Primeiro porque menos empresas estão presentes; segundo porque, pelo menos idealmente, você não precisará competir com publicações de amigos, família e fotos de gatinhos.

Publique por lá todos os novos posts do seu blog, novos eBooks e materiais ricos e eventualmente indicações de outros veículos que também possam ser relevantes para o seu público. Dependendo do tamanho da sua empresa, publicar uma vez ao dia é uma boa frequência.

 

2. Publique conteúdo no LinkedIn

Uma possibilidade que o LinkedIn oferece é a de fazer publicações em uma plataforma própria, chamada de Pulse, de forma semelhante a um blog — incluindo abertura para comentários, ícones de compartilhamento em diversas redes e visualização pública.

Do ponto de vista tanto do profissional quanto da empresa, publicar na rede social é muito interessante, já que, segundo pesquisa realizada pelo LinkedIn, 75% de seus usuários leem ou interagem com conteúdo na plataforma pelo menos uma vez por semana. Para empresas, é uma boa forma de construir reputação e alcançar uma audiência maior.

De forma geral, no entanto, publicar no LinkedIn pode acabar sendo um dilema, pois o conteúdo fica limitado à plataforma e não permite que você tenha controle sobre diversos outros elementos (o design e os links da página, por exemplo), como é o caso dos blogs.

Para isso, há algumas soluções, como publicar apenas um resumo ou introdução no LinkedIn e, então, um link levando ao blog de fato; postar o conteúdo no blog da empresa e esperar algum tempo antes de publicá-lo na rede social; e escrever um texto semelhante ao do blog, mas com outra abordagem.

 

3. Participe de grupos

Participar de grupos é uma boa forma de usar o LinkedIn a favor da sua empresa.

Você pode, por exemplo, buscar por profissionais especialistas na sua área ou que tenham cargos específicos do seu público-alvo e, a partir de seus perfis, consultar os grupos de que eles participam. A partir dos interesses deles, você pode mapear grupos significativos para sua empresa.

As discussões mais populares de um grupo geralmente recebem mais visibilidade, ficando no topo da página. Contribuir com esses tópicos que estão em destaque é uma forma de ficar em evidência. Seja bastante ativo, comente, faça perguntas e curta as contribuições de outros participantes.

Compartilhe também links para o conteúdo de seu blog de forma contextualizada dentro de uma discussão. Além de atrair tráfego qualificado para seu conteúdo, se os participantes gostarem podem aumentar seu alcance em outras redes compartilhando no Twitter e Facebook, por exemplo.

chave do sucesso é a publicação de conteúdo de qualidade. Quanto mais conteúdo você produzir, mais sua comunidade irá apoiá-lo e você se consolidará como autoridade no tema escolhido. Essa é uma ótima maneira de gerar oportunidades para o seu negócio, de forma simples e de baixo custo.

 

4. Anuncie

Se no Facebook é possível segmentar anúncios por características como idade e preferências, no LinkedIn os critérios de segmentação são focados nas informações profissionais dos usuários. Por isso é possível atingir tomadores de decisão do seu mercado.

Existem basicamente dois tipos de soluções de anúncios:

  • Soluções Self-Service, indicadas para investimentos em anúncios abaixo de R$ 15 mil por mês;
  • Soluções Corporativas, para investimentos em anúncios acima de R$ 15 mil por mês.

Dentro dessas duas soluções, existem alguns tipos de anúncio: Sponsored content, Sponsored InMail, Text Ads (apenas para Soluções Self-Service), Dynamic Ads e Display Ads (estas últimas apenas para Soluções Corporativas).

 

O LinkedIn é uma plataforma muito relevante para gerar resultados para sua empresa e para você como profissional. Mas, como qualquer outra rede social, estabelecer uma presença significativa leva tempo e não vai acontecer de forma imediata.

Por isso, não basta estar presente no LinkedIn: é preciso também utilizar suas soluções e recursos de forma bem alinhada com a estratégia da empresa.

 

Fonte: resultadosdigitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

drag